Recompensa para quem informar sobre crimes no Ceará pode chegar a R$ 30 mil

Foto: Reprodução/Facebook
- Publicidade -

 

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), divulgou em seu perfil no Facebook, na tarde desta segunda-feira (14), como funcionará a Lei da Recompensa, para quem prestar informações à polícia sobre os ataques criminosos ocorridos no Ceará. A medida foi sancionada no domingo (13) e o pagamento definido na Lei deve variar entre R$ 1 mil e R$ 30 mil.

As denúncias podem ser feitas pelo Disque-Denúncia, através do número 181, e pelo WhatsApp (85) 98969-0182, para que as pessoas possam enviar informações, áudios, fotos e vídeos que ajudem a polícia na captura de criminosos.

O pagamento é para quem conceder informações que levem:

  • À elucidação de crimes cometidos;
  • À elucidação de fatos ou atos preparatórios ao cometimento de crimes, evitando a consumação da ação delituosa;
  • À localização de pessoas procuradas pelos órgãos de segurança ou contra as quais exista ordem de prisão;
  • Identificação e localização de bens móveis ou imóveis pertencentes a membros de organizações criminosas.

O decreto institui uma comissão formada por representantes da Secretaria de Segurança do Ceará, Secretaria de Administração Penitenciária, Procuradoria Geral do Estado, Casa Civil e Secretaria do Planejamento e Gestão que vai definir cada caso de pagamento conforme regras estabelecidas.

De acordo com Camilo, a prestação da informação e o pagamento da recompensa serão feitos com absoluto sigilo e anonimato dos denunciantes.