Professoras da URCA são surpreendidas com ação que pode exonerar seus cargos; entenda

PORGeorge Wilson
Foto: Divulgação/Sindurca
- Publicidade -

 

O Sindicato dos Docentes da URCA (Sindurca) divulgou neste domingo (3), que tomou conhecimento de um processo interno que ameaça exonerar duas professoras da Universidade Regional do Cariri, no campus Pimenta, em Crato. A justificativa da ação, que corre na justiça, afirma que as docentes não teriam tido seus certificados de mestrado autenticados pela Capes, ao serem admitidas em concurso no ano de 2002.

As professoras Paula Cordeiro, do Departamento de Ciências Sociais, e Fátima Pinho do Departamento de História, atuam há 17 anos como docentes na instituição, e foram surpreendidas ao serem citadas numa ação que corre na justiça contra o atual reitor da instituição, Patrício Melo, conforme cita nota do Sindurca. Veja na íntegra.

Uma ação que corre na justiça contra o atual Reitor da URCA cita de forma secundária a falta de carimbo da Capes nos certificados de mestrado das professoras. O Juiz do caso, numa decisão escandalosa, sem a mínima compreensão dos fatos e desrespeitando a autonomia universitária e do próprio Conselho Estadual de Educação entendeu que as mesmas deveriam ser exoneradas dos cargos que ocupam. – cita nota do Sindurca.

Conforme analisou o sindicato ao tomar conhecimento da ação, os mestrados das professoras foram realizados dentro da própria instituição e, portanto, o caso gerou dúvida sobre a autenticidade da própria instituição, tanto em relação a análise do processo quanto ao julgamento desta IES acerca do processo de admissão das docentes.

O Badalo entrou em contato com as professoras. Paula Cordeiro, ainda abalada pela situação, declarou que as duas entraram com recurso e a causa será julgada novamente em segunda instância o mais breve possível, e que contam com a ajuda do Sindurca no momento.

“Ninguém solta a mão das professoras”

Está sendo organizado para esta terça-feira (5), um ato em defesa das professoras, onde estudantes, docentes e servidores técnicos administrativos se reunirão em Assembleia no Salão de Atos da URCA, no campus Pimenta, às 19 horas.

Na oportunidade, será lançada a campanha “Na URCA, ninguém solta a mão das professoras Paula Cordeiro e Fátima Pinho”, com objetivo da prestar apoio a elas durante este processo.