Postes de iluminação vão gerar energia e recarregar veículos elétricos em Juazeiro do Norte

Foto: Divulgação
- Publicidade -
Brisanet Interno

 

O projeto “Juazeiro do Norte Cidade Inteligente” tem como objetivo aumentar a absorção de Tecnologias avançadas na gestão dos serviços públicos municipais, com ênfase na chamada “Rede de Iluminação Pública Inteligente”. Esse serviço tem conceito inovador que se baseia no aproveitamento criativo das infraestruturas de iluminação pública (postes, hastes, luminárias e redes de telegestão) para prestação de serviços múltiplos, através de uma única rede multifuncional.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Juazeiro do Norte (Sedeci), responsável pela execução do Plano Diretor de Cidade Inteligente do Município, lançou, no último dia 05 de Novembro, o projeto de Parceria Público-Privada (PPP) “Juazeiro do Norte Cidade Inteligente”.

Nos primeiros 15 meses da PPP, a Concessionária deverá garantir que, em 08 praças da Cidade, todos os pontos de Iluminação Pública sejam alimentados por placas solares e/ou estruturas de geração eólica, que deverão ser instaladas de forma integrada aos postes de Iluminação. Após estudos de viabilidade, foram selecionadas a Praça Padre Cícero (Centro), a Praça José Ilânio Gondim (Jardim Gonzaga), a Praça Antonio Yone Rodrigues (Novo Juazeiro), a Praça José Geraldo da Cruz (Franciscanos), a Praça Feijó de Sá (Triângulo), a Praça Beata Maria de Araújo (Centro), a Praça Des. Juvêncio Santana (São Miguel) e a Praça Antônio Conserva Feitosa (Lagoa Seca).

Juntamente com a troca de todas as quase 26.000 luminárias atuais da Cidade por LEDs, a criação das chamadas “praças solares” deverá garantir ao Município, pelo menos, economia de 55% (cinquenta e cinco por cento) no consumo de energia elétrica do Parque de Iluminação Pública, segundo as projeções da SEDECI.

“Em relação à recarga de veículos elétricos, a ANEEL publicou, recentemente, uma Resolução que regulamenta esse tipo de serviço. Essa norma, bem como o nosso Plano Diretor de Cidade Inteligente, que prevê o estímulo a modais de transporte limpos, viabilizaram a estipulação, na PPP, de 10 (dez) pontos de recarga de veículos elétricos integrados às estruturas de iluminação”, afirma Ermeson Silva, Diretor de Ciência, Tecnologia, Inovação e Empreendedorismo do Município.

Ermeson ressalta ainda, que em países da Europa, já é comum a oferta deste serviço com o aproveitamento dos postes de iluminação, pois traz grande economia de escala e eficiência operacional. Conforme ele, Juazeiro do Norte será o primeiro Município brasileiro a implementar o serviço, sendo que, nos dez pontos que serão instalados na primeira fase da PPP, o carregamento será 100% gratuito, a fim de estimular os cidadãos à migração para veículos elétricos.

O projeto permanece em Consulta Pública até o dia 05 de Dezembro de 2018, a fim de receber contribuições e sugestões de quaisquer interessados. Os documentos podem ser acessados aqui.

Projeto

Além de viabilizar o videomonitoramento, com inteligência artificial, de mais de 300 (trezentos) pontos da Cidade, bem como o oferecimento, ao cidadão e ao turista, de mais de 100 (cem) pontos de Wi-Fi público gratuito, o projeto se destaca por duas funções especiais que, na modelagem do projeto, foram atribuídas às próprias infraestruturas de iluminação: geração de energia limpa (solar ou eólica) em praças e recarga gratuita de veículos elétricos, através dos próprios postes de iluminação.

De acordo com o Secretário Michel Araújo, o estímulo à geração de energia limpa nas infraestruturas municipais, assim como o fomento à mobilidade elétrica, foram metas expressas estabelecidas no Plano Diretor de Cidade Inteligente, aprovado pela Câmara Municipal em junho deste ano, e a PPP pretende aliar esses objetivos à Rede de “Iluminação Pública Inteligente”.