Homem é preso por furto de energia em Juazeiro do Norte

Delegacia Regional de Polícia Civil. | Foto: Reprodução
- Publicidade -
Brisanet Interno

 

Equipes da Enel Distribuição Ceará identificaram irregularidades na medição de uma fábrica, em Juazeiro do Norte, e um homem foi preso em flagrante, na noite desta quarta-feira (10). A ação ocorreu em uma operação de combate ao furto de energia elétrica no município.

A Enel informou que realiza investigações em todo o Estado e atua em conjunto com a Polícia Civil para efetuar as autuações. A companhia registrou, no primeiro semestre de 2018, mais de 104 mil inspeções. O trabalho é feito através de análise de dados internamente e, em campo, por cerca de 200 equipes. Em 2018, 55 pessoas já foram presas por furto de energia no Ceará.

Riscos e prejuízo

Além de ser crime, com pena prevista de um a oito anos de prisão, o furto de energia afeta a qualidade do serviço e põe em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica. De acordo com a Enel, as ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecarga na rede elétrica, ocasionando interrupção no fornecimento de energia.

Denúncias de furto de energia podem ser feitas para Enel, por meio de ligação gratuita, no número 0800 285 0196.