‘A minha decisão é não recuar nenhum milímetro’, afirma Camilo Santana sobre violência no Ceará

Foto: Divulgação
- Publicidade -

 

O governador do Ceará, Camilo Santana, esteve reunido, na tarde desta quinta-feira (10), no Palácio da Abolição, com representantes dos poderes Legislativo e Judiciário e de diversas entidades para apresentar as medidas de segurança que o Estado e órgãos parceiros têm tomado para coibir o crime organizado no Ceará. “A minha decisão é não recuar nenhum milímetro e não tenho dúvida que essas ações terão reflexo positivo para os cearenses no futuro próximo”, afirmou o governador, na ocasião.

“Aumentamos em 50% o número de policiais e estamos dobrando o número de agentes, além de criarmos uma secretaria própria para cuidar do sistema. Estamos tirando regalias dos presídios e isso causou toda uma reação do crime organizado do lado de fora”, citou Camilo”.

De acordo com o chefe do Executivo, já foram realizadas 309 prisões nos últimos dias. Além disso, até esta sexta-feira (11), 35 presos, apontados como líderes de facções criminosas responsáveis pelos ataques desde o dia 2 de janeiro, foram transferidos para presídios federais.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, disse que o povo cearense não pode se intimidar diante dos fatos. “Querem criar um cenário de pânico, de medo, para gerar pressão para frearmos esse enfrentamento. Nosso papel é manter, dentro das nossas possibilidades, o serviço público funcionando”.