Show dos atrasados do Enem é tópico mais comentado no Twitter

Valter Campanato/Agência Brasil
- Publicidade -
Corrida Elit Notícias

 

“Show dos atrasados” no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 é o assunto mais comentado no Twitter no Brasil. Este ano, no entanto, o tradicional tópico rendeu menos piadas. “Entrando no Twitter para ver os memes dos atrasados do Enem, quase ninguém chegou atrasado”, disse um usuário da rede social.

“Esperei tanto para 3 memes?”, comentou uma internauta. “5,5 milhões de inscritos no Enem, e apenas 3 atrasados”, disse outra. Todos os anos, imagens e vídeos de pessoas que chegam após o fechamento dos portões viram piada na internet.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ainda não há dados consolidados de quantas pessoas perderam hoje o Enem. O número de faltosos será divulgado em coletiva de imprensa na noite deste domingo.

Pelo que circula nas redes sociais, o número de atrasados caiu em relação a anos anteriores. Na ausência de novos memes, situações antigas voltam a ser replicadas. Um dos atrasados de 2016 entrou na brincadeira: “Sou Marcos Tavares, mais conhecido como meme do Enem 2016, e tô aqui para desejar sorte a todos que farão enem esse ano!!”, afirmou o estudante.

Neste ano, o primeiro dia de aplicação do Enem ocorre no mesmo dia do início do horário de verão. A prova segue o horário de Brasília, que acompanha a mudança na hora. O Inep fez uma campanha alertando os estudantes para ajustarem os relógios e redobrarem a atenção ao horário.

Mesmo assim, a mudança confundiu candidatos. No Rio de Janeiro uma estudante perdeu a prova na Universidade Veiga de Almeida (UVA), na Tijuca. Ela lamentou o início do horário de verão nessa madrugada. Segundo ela, a necessidade de adiantar os relógios em uma hora prejudicou o planejamento para realização do exame que dá acesso a diversas universidades do país.

A nota do exame poderá ser usada para concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).