Turma da Mônica ganha nova personagem

Foto: Divulgação.
- Publicidade -

 

Em janeiro deste ano, Mauricio de Sousa apresentou “Milena” às histórias da Turma da Mônica. A personagem, que é negra, surge em meio às questões contemporâneas de representatividade racial e, segundo o autor, vem para ser protagonista das revistas.

Filha de uma veterinária, a menina se envolve com apreço pelos bichos e, tocando em outra questão social, deve se movimentar em benefício de animais abandonados.

“A Milena permitiu que a gente ampliasse o nosso elenco de personagens negros. Já teve o Pelé, o Pelezinho, o Ronaldinho Gaúcho, mas esses eram de grandes personalidades. Mas, criado pra ser protagonista, a Milena é a primeira. Antes teve o Jeremias também, mas ele nunca foi protagonista”, observa o criador.

Antigo no enredo da Turma da Mônica, Jeremias teve seu traço reinterpretado por Jefferson Costa, em uma edição da série adulta Graphic MSP, lançada há um ano. Na história escrita por Rafael Calça, intitulada “Jeremias: Pele”, o personagem sofre racismo e leva o imaginário da Turma da Mônica, normalmente tão “puro” e conservador, a um dos embates mais complexos da formação do povo brasileiro.

Numa pegada mais “light”, Milena deve dividir espaço com as clássicas Mônica e Magali, além de Marina – outra personagem contemporânea da trupe de Mauricio de Sousa.